Franquia como opção de crescimento

É cada vez maior o número de empresas que veem o modelo de franquia como opção de crescimento e esse é um dos motivos para o crescimento do setor no Brasil.

A tendência de crescer e se expandir é a marca de empreendimentos bem sucedidos. Até por sua inquietude característica, o empreendedor que vê traduzido no caixa o sucesso de um negócio bem modelado e administrado, sente que chegou a hora de ampliar seus horizontes.

No caminho rumo à expansão, adotar o modelo de franquia como opção de crescimento, convidando outros empreendedores para conduzirem cópias fiéis da ideia original, pode representar uma das melhores opções para a empresa.

Muitas vezes o custo de abertura de uma nova unidade própria é maior do que o valor a ser investido na estruturação necessária para tornar o negócio franqueável. Por isso, a opção de transformar uma empresa em franquia, vem sendo a opção de diversos empreendedores.

Os cuidados com a opção de franquia como alternativa de crescimento

O primeiro cuidado, no entanto, é evitar que a busca por atalhos signifique um desvio, é preciso avaliar se há conflitos entre os canais de venda já existentes como o e-commerce, por exemplo, e o estabelecimento de uma rede de franquias.

Um dos conceitos deste tipo de empreendimento está relacionado a territórios de atuação. Por isso, quem já trabalha com venda pela internet, por exemplo, precisa perceber se não irá criar zonas de conflito que podem inviabilizar o resultado do franqueado.

Um outro fator importante ao adotar o modelo de franquia como alternativa de crescimento, está relacionado ao perfil do empreendedor e franqueador. É preciso estar disposto a repassar para outros todo o conhecimento adquirido, toda a experiência vivida na concepção e gestão daquele empreendimento, algo que pode ser mais difícil para alguns empresários.

Além disso, para se abrir uma franquia, as habilidades exigidas são outras e a relação com a rede de franqueados é bem diferente da mantida com distribuidores ou funcionários subordinado.

A melhor atitude é ter a plena consciência de que uma rede de franquias é outro negócio, que deve ser pensado de forma separada, inclusive desenvolvendo uma estrutura à parte, focada no atendimento às necessidades da rede de franqueados.

O empreendedor deve entender que a criação de uma rede de franquias irá gerar um acúmulo de funções, já que, ao mesmo tempo, não se pode descuidar do empreendimento original.

Modelo de franquia como alternativa de crescimento

Riscos da abertura de uma franquia

Como toda a ação empreendedora, adotar o modelo de franquia como opção de crescimento também envolve riscos. Um deles é o aumento do impacto de crises internas e externas, questões sazonais, perda de fornecedores, mudanças na legislação, entrada de novo concorrente e outras situações.

Se antes isto seria problema restrito a uma operação, com a rede estas ameaças ganham dimensão maior, bem como seus efeitos no negócio como um todo.

O crescimento desenfreado também gera riscos. É preciso estar, sempre, adequando a estrutura de atendimento ao franqueado de acordo com o crescimento, adequando processos e políticas.

Se esse posicionamento não for adotado, não será possível dar a rede de franqueados a atenção que foi prometida e isso comprometerá a qualidade desta relação e surgirão problemas. Essas são questões que devem ser analisadas durante o processo de formatação da franquia.

Outro item a ser observado diz respeito ao dimensionamento equivocado do mercado como fator de insucesso. Ás vezes, o planejamento está inadequado e o produto não tem margem para se manter em determinada região, pela concorrência ou pelo poder de compra daquele público.

Existe também o risco de ver uma marca forte ser abalada pela má administração de uma ou várias unidades. No Brasil já tivemos muitos casos assim.

A melhor alternativa para criação de uma rede de franquias

A melhor alternativa para o empresário que deseja optar pelo modelo de franquia como opção de crescimento para o seu negócio é buscar o auxílio de uma consultorias de franquias, empresas especializadas que ajudam no passo a passo da constituição de uma rede franquia.

Os valores e prazos variam bastante de acordo com as dimensões, características e objetivos, mas, como exemplo, um projeto para expansão de um empreendimento de pequeno porte, abrangendo todas as fases de estruturação da franquia, leva entre seis e oito meses de planejamento e requer investimento entre R$ 80 mil e R$ 100 mil.

Para se manter atualizado sobre o tema franquia como opção decrescimento e outros temas abordados no Guia de Franquias Brasil, assine nossa Newsletter.

Salvar

Salvar

Franquia como opção de crescimento
Classificação 5 (100%) 6 votos