Como analisar a viabilidade financeira de uma franquia

Saber detalhadamente como analisar a viabilidade financeira de uma franquia é um dos primeiros passos para quem pretende investir neste setor com segurança.

Todo e qualquer empreendedor que pensa em abrir uma franquia deve, além de fazer uma análise minuciosa do mercado onde pretende atuar, analisar também o negócio sob o ponto de vista financeiro.

A análise de viabilidade financeira de uma franquia tem uma característica que eu considero fundamental. Ela trabalha com números, e os números não mentem. A análise financeira tem a capacidade de neutralizar qualquer precipitação decorrente do entusiasmo e euforia.

Além desse fator psicológico, esse é um passo do processo decisório que lhe permitirá ter uma visão muito clara sobre o futuro do negócio, permitindo a você projetar diversos fatores como:

  • O quanto você irá ganhar com a franquia
  • Qual será a evolução desse ganho
  • Quando se dará o ponto de equilíbrio do negócio
  • Qual será o capital de giro necessário

Por esses motivos, consideramos que todo empreendedor precisa saber como analisar a viabilidade financeira de uma franquia, para que possa projetar de maneira consciente seu caminho neste setor.

Destruindo ilusões e neutralizando emoções

Uma das armadilhas na hora de abrir uma franquia é se deixar levar pelo entusiasmo e por uma certa afinidade pela marca. Muitos candidatos a franqueados se deixam levar pelo entusiasmo, por seu gosto pessoal pelos produtos e até mesmo o visual da marca.

O problema é que isso não garante o sucesso do negócio. A análise de viabilidade financeira de uma franquia é quem determina se o negócio é atraente ou não. O importante é saber qual é o retorno que o negócio vai lhe proporcionar.

É claro que a identificação com a marca e seus produtos é um dos ingredientes do sucesso de um franqueado, mas só isso não basta. O negócio precisa ser lucrativo, caso contrário é apenas perda de tempo, dinheiro, e não raramente, autoestima.

É justamente por isso que no caso de você não ter muita intimidade com números e projeções financeiras, recomendamos que você contrate um consultor de franquias para lhe ajudar durante esse processo.

Não submeter a proposta de franquia a uma análise financeira, via de regra acaba por gerar desmotivação e uma tendência de jogar a culpa pelo fracasso do negócio sobre o franqueado ou então o modelo de negócio.

Como fazer a análise de viabilidade financeira de uma franquia

Abaixo listamos um resumo dos principais tópicos para quem deseja saber como fazer a análise financeira de uma franquia para auxiliar os novos empreendedores na coleta de dados e montagem de sua análise.

É claro que seria muita pretensão nossa achar que em um único artigo pudéssemos esgotar o assunto, por isso, recomendamos a nossos leitores envolvidos nessa etapa do seu projeto de franquia que consultem em nossa seção de Franquias Para Iniciantes, outros assuntos relacionados ao tema.

1 – Busque dados realistas

É claro que para fazer a análise financeira de uma franquia você deve buscar os dados mais exator possíveis. A Lei no 8.955, conhecida como Lei das Franquias prevê que todos os dados financeiros envolvendo o empreendimento devem constar da Circular de Oferta de Franquia.

Essa será a sua primeira fonte de informações sobre o negócio, mas a prudência recomenda que você cruze as informações prestadas com outras fontes disponíveis em sites especializados e na própria Internet.

Em nossas páginas descritivas de franquias sempre que possível informamos o Índice de Atratividade da Franquia, um indicador econômico financeiro que desenvolvemos para auxiliar nossos leitores na hore de escolher uma franquia.

2 – Qual o valor do investimento inicial

O primeiro item a ser investigado por que deseja saber como analisar a viabilidade financeira de uma franquia é o valor inicial a ser investido declarado pela empresa na Circular de Oferta de Franquia – COF.

Estes custos envolvem, na maioria dos casos as taxas cobradas em uma franquia que podem cariar de empresa para empresa. De maneira geral, os principais são:

  • Taxa de Franquia – Saiba mais sobre a taxa de franquia clicando aqui
  • Taxa de Royalties – Saiba mais sobre a taxa de royalties clicando aqui
  • Taxa de Compras – Saiba mais sobre a taxa de compras clicando aqui
  • Taxa de Propaganda – Saiba mais sobre a taxa de propaganda clicando aqui

Com base nestes dados, já podemos fazer uma projeção inicial de resultado, calculando o fluxo de caixa do investimento, descontado o investimento inicial relativo ao modelo de franquia.

Como analisar a viabilidade financeira de uma franquia

3 – Custos colaterais

Um dos segredos para quem deseja saber como analisar a viabilidade financeira de uma franquia, é descobrir os custos que quase ninguém comenta.

Chamamos de custos colaterais de uma franquia, os investimentos que mesmo não estando previstos na Circular de Oferta de Franquia, são inerentes à instalação e operacionalização do negócio.

Entre estes custos podemos destacar o valor da luva pelo estabelecimento comercial onde você pretende instalar o negócio, despesas com reformas e adequação do espaço comercial ao padrão da franquia, despesas com taxas, honorários e outras.

Em sua análise de viabilidade financeira de uma franquia esses dados devem estar muito bem detalhados, sob o risco de comprometer seriamente os cálculos e suas conclusões.

4 – Despesas com pessoal

Um dos segredos para o sucesso de uma franquia é a escolha da sua equipe de colaboradores. De nada adianta montar uma loja incrível, em um ponto comercial muito bom se o seu atendimento não corresponde às expectativas.

Por isso é importante contratar pessoal qualificado e manter a equipe sob constante treinamento para que possam atingir um ponto de excelência em atendimento. Feito isso, é importante reter esse profissional.

Na análise de viabilidade financeira de uma franquia é fundamental que você inclua a remuneração da sua equipe de colaboradores e seu treinamento, não apenas o oferecido pelo franqueado, como também outros que possam contribuir para a excelência dos processos.

Na análise de viabilidade financeira de uma franquia é fundamental que você inclua a remuneração da sua equipe de colaboradores e seu treinamento, não apenas o oferecido pelo franqueado, como também outros que possam contribuir para a excelência dos processos.

Quando você consegue definir de forma clara e confiável todos os custos para iniciar uma franquia, o risco do negócio poder ser reduzido a apenas o risco sistêmico, ou seja, aqueles riscos que todo empreendedor precisa correr em qualquer tipo de negócio.

Para complementar as informações apresentadas aqui, sugerimos que você também leia o nosso artigo Quais são os custos de uma franquia.

Agora que você já leu nossas dicas de como analisar a viabilidade financeira de uma franquia, poderá incorporar mais essa rotina ao seu projeto. Se tiver alguma dúvida deixe seu comentário e mantenha-se atualizado assinando a nossa Newsletter.

 

 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here